Receita investiga 12 empresas aéreas internacionais no Brasil por sonegação

#jornalcontabil
Foi deflagrada nesta terça-feira, 23, a Operação Voo Rasante, da Receita Federal de São Paulo, que investiga 12 companhias aéreas internacionais que atuam no Brasil por suspeita de sonegação de impostos. O valor que as empresas teriam deixado de recolher de CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) pode chegar a R$ 820 milhões – o que corresponde ao período de dois anos, segundo Fernando Poli, auditor fiscal da Receita e um dos responsáveis pela operação. Os nomes das companhias não foram divulgados.
“Hoje, as empresas estão tomando conhecimento da fiscalização e serão intimadas a prestar depoimentos à Receita Federal para Leia tudo…

Fechar Menu

Fique por dentro!

Receba nossas novidades direto no seu email!
QUERO RECEBER!
Fechar
Fique por dentro!